Entretenimento de Pirenópolis

A diversão somada a recuperação é uma das características principais de uma convenção de Narcóticos Anônimos. Assim sendo, o Subcomitê de Entretenimento da XXI CRBNA vem buscando o que há de melhor para oferecer aos seus participantes. Estamos trabalhando com amor e dedicação afim de que tenhamos um evento que atinja suas expectativas no que se refere a diversão e recuperação.

Estaremos nos empenhando em dispor um menu variado de opções para que os membros juntamente com seus familiares possam desfrutar de momentos de alegria, lazer e descontração em um local de sossego e tranquilidade somados ao clima agradável de uma cidade do interior goiano.

XXI CRBNA
Além das atividades do evento, a cidade sede de nossa convenção oferece grande variedade de diversões para complementar sua lista de atividades em sua estadia.
Corpo de Serviço XXI CRBNA
Subcomitê de Entretenimento

Restaurantes com comidas típicas

A gastronomia em Pirenópolis é bastante vasta e variada. Por se tratar de uma cidade turística, tem representantes da culinária local, regional e internacional.

Pirenópolis, considerada como berço da cultura goiana devido a ser uma das primeiras cidades goianas, possui uma culinária local representada pelos pratos típicos como o arroz com pequi, a pamonha, o empadão, a guariroba, a paçoca de pilão, o baru, as quitandas e os doces. Dentro da gastronomia regional brasileira encontramos em Pirenópolis a mineira, a baiana, a carioca, a nordestina etc. E na gastronomia internacional, temos a francesa, a italiana, a árabe, a portuguesa etc. São por estes motivos que Pirenópolis tornou-se um destino turístico gastronômico, cujo ponto forte é o Festival Gastronômico e Cultural que acontece todos os anos.

Museus em Pirenópolis

Por si só a cidade já é de se admirar, não é mesmo? Pela sua quantidade enorme de casarões e monumentos, todos seguindo a arquitetura colonial, quase um terço de Piri foi tombada pelo IPHAN como patrimônio histórico e cultural nacional. Mas além disso, você também pode encontrar verdadeiros museus na cidade. Então se está passeando por aqui e gostaria de fazer um programa cultural com a família, amigos ou até mesmo sozinho, visitar os museus de Piri é uma ótima ideia.

Confira abaixo os museus destaques em Pirenópolis:
  • Museu da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário: Construída originalmente em taipa-de-pilão entre 1728 e 1732, tombada em 1941 e localizada bem no meio do centro histórico. É o símbolo cultural mais marcante de Pirenópolis, e sabem o que mais? Foi considerada o primeiro e maior monumento histórico de Goiás!
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo e Museu de Arte Sacra: A igreja foi construída em 1750 por Luciano Nunes Teixeira, minerador, e seu genro Antônio Rodrigues Frota em devoção à Nossa Senhora das Mercês. No começo tinha o objetivo de ser usada só pela família de Luciano.
  • Museu do Divino: É considerado um monumento do acervo histórico de Pirenópolis. Foi construído em 1919 e é uma réplica do original que se situava ao lado da Igreja Matriz. Antes o edifício era usado como Casa de Câmara e Cadeia de Pirenópolis, e assim foi até 1999. Já em 2002 o prédio estava em péssimo estado, foi então que o IPHAN começou uma restauração e mudou completamente a estrutura interior do local.
  • Museu Rodas do tempo: Augusto Pires costumava consertar veículos antigos de duas rodas, os quais era apaixonado. Foi aí que surgiu o sonho de montar um museu com veículos desse tipo. Começou a montar uma coleção no Rio de Janeiro. A trouxe para Piri em 2009, já com o intuito de criar o Museu Rodas do Tempo, o qual foi inaugurado em outubro de 2010. O museu traz a sensação de se estar voltando no passado, quando todos essas motos e bicicletas clássicas tomavam conta das ruas. Pode-se imaginar quem foram os donos, por onde os veículos passavam e quais aventuras foram vividas naquela época tão charmosa.
  • Museu das Cavalhadas: O museu retrata as Cavalhadas, uma encenação entre os mouros e cristãos, representando a verdadeira batalha que houve na Europa há quase 1300 anos. As Cavalhadas fazem parte da Festa do Divino Espírito Santo. No museu, são expostos ornamentos usados pelos cavaleiros, máscaras de boi, de onça, roupas coloridas, fotos, livros, cartazes e muitos outros objetos que fazem parte da festa. Ele já existe há 29 anos. Vale a pena conhecer para entender um pouco mais sobre a cultura pirenopolina.

Feira das Artes

Acontecem todos os finais de semana e feriados, em Pirenópolis, a Feira das Artes, popularmente conhecida como Feirinha do Coreto, nome da praça que a recebe. Localizada bem próxima a Rua do Lazer, a feira abre espaço para artesãos locais exporem seus trabalhos e é sempre bem movimentada devido a peças que são a “cara da cidade”. É difícil não levar nada, você acaba se encantando com uma coisinha ou outra.

São muitas coisas, das mais detalhadas peças em couro, até as mais belas joias em pratas. A feira também serve bem aqueles que procuram um lanche mais baratinho no final da tarde. Durante a noite o ambiente fica ainda mais agradável, com as lamparinas já acesas, músicos se reúnem para tocar no coreto e os disputados banquinhos perto das árvores são um convite para ficar um pouco mais.

Os feirantes que ali trabalham, são apaixonados pelo que fazem e transbordam simpatia. Então, quando vier por aqui não deixe de dar uma passadinha na Ferinha do Coreto.

O que você encontrará por lá:
  • Roupas hippies, tie dye, blusas estampadas e pintadas com imagens da cidade.
  • Joias de prata e ouro.
  • Diversos trabalhos em couro como bolsas, sandálias, colares e pulseiras.
  • Há também peças exclusivas com enfeites de pedras e bronze como colares, brincos e pulseiras.
  • Para decoração do lar: Mandalas, espelhos enfeitados, quadros, filtro dos sonhos e abajur.
  • Pra quem quer marcar a viagem, há uma banca que trabalha com tererê, dread, colar com o nome escrito no grão de arroz e tatoo de henna.
  • Alimentação: Açaí, queijos frescos, tapioca, churrasquinho, jantinha, salgados, doces em geral, cachorro-quente, crepes e bebidas, entre vários outros.

Lojas de Artesanatos

O artesanato é uma das formas mais espontâneas da expressão cultural pirenopolina. Em várias partes do município, é possível encontrar uma produção artesanal diferenciada, feita com matérias-primas regionais e criada de acordo com a cultura e o modo de vida local. Esta diversidade torna o artesanato pirenopolino rico e criativo.

Em Pirinópolis você pode encontrar muitas lojas de artesanatos com precinhos camaradas. As peças são trabalhadas com matérias primas locais e expressam uma cultura rica traduzindo o que há de melhor nessa área.

Cachoeiras

Sabia que tem gringo que viaja centenas e centenas de quilômetros só para conhecer as melhores cachoeiras de Pirenópolis? A pequena cidade no interior de Goiás é um verdadeiro oásis natural, destacando-se pelas quedas d’água aos pés da Serra dos Pireneus, a 120km de Goiânia e a 130km de Brasília.

Para o deleite dos estrangeiros ou dos nativos, a cidade conta com mais de 80 cachoeiras catalogadas e grande parte delas são abertas para visitação. Entre as rochas de quartzo brotam fontes de águas cristalinas e de baixa salinidade, provenientes da Bacia do Paraná e da Bacia do Tocantins.

Pirinópolis tem mais de 80 cachoeiras catalogadas. O resultado disso é um mergulho refrescante e que deixa saudades. Além disso, algumas possuem maior infraestrutura, oferecendo atividades de lazer e refeição caseira.

Esportes Radicais

Você é desses que adora a combinação entre natureza e adrenalina? Então Pirenópolis é o destino perfeito pra você! A cidade tem mais de oitenta cachoeiras, vários parques, serras e reservas ambientais onde você pode aproveitar as belezas naturais enquanto faz uma trilha ou tirolesa. Deixe fluir seu lado radical e confira dicas de esportes de aventura em Pirenópolis.

Algumas atividades que você pode experimentar durante sua estadia na cidade.

  • Montain Bike, Trilha, Parapent, Tirolesa, Boia Cross, Arvorismo, Montaria, Rapel e etc…
Observações importantes
As sugestões apresentadas que sejam fora do hotel sede da convenção não são cobertas pelo pacote cobrado do evento.
Corpo de Serviço XXI CRBNA
Subcomitê de Entretenimento
Faça sua colaboração ao subcomitê de entretenimento da CRBNA 2019

Programação de Entretenimento